pastoral juvenil | Quarta-feira, 26 Janeiro , 2011, 11:11

"Fala! Grita hoje o que te faz feliz!
Embala-te nos braços da tua vida.

Nunca é tarde para recomeçar e nunca é tarde para aprender com uma derrota.
Recolhe os pedacinhos de ti espalhados pelo chão frio, gelado, em dias que não soubeste viver.

Podes ter falhado, mas continua a haver uma montanha para escalar: a tua meta.
Podes ter perdido, mas continua a haver um caminho para trilhar: o teu sonho.
 Podes ter feridas, mas continua a haver um lugar para preencher de esperança: o teu coração.

A felicidade surge de atitudes, daquelas positivas, que são emoções tornadas corpo.

Olha a tua volta...as tuas mãos podem abrir-se em dádiva de quem nada mais espera além de se dar.
 Olha em frente...os teus olhos podem brilhar no amor de quem nada mais procura além de se entregar.

Os gestos de um coração lutador são gestos de eternidade, gestos que nos tornam a vida bela e alegre, gestos de quem não se resigna, de quem não desiste, de que não se contenta com o sabor vazio dos dias.

Abre o eu peito ás balas: se as enfrentares de coração, nada te poderá destruir.

Já alguma vez pensaste na força que tens? Já imaginaste o poder que te foi dado?

Então enfrenta as tempestades de frente, dança á chuva, atira flores ao vento.
 Não resmungues se algo não está bem, tu podes tornar melhor através do esforço e nunca do ódio.
Não desistas se o mundo não é o que sonhaste: partilha o teu sonho e ajuda outros a sonhar.
 Não penses que pouco podes fazer da vida.

O pouco feito com muito amor é tudo o que é preciso."






Anónimo a 26 de Janeiro de 2011 às 11:18
Olá gostei muito do texto!