pastoral juvenil | Segunda-feira, 21 Dezembro , 2009, 23:03

 

 

Aqui fica, para a preparação do Natal que vai chegando, uma oração, escrita por um jovemque foi descobrindo na sua vida a proximidade de Deus.

Simples mas tocante.

 

 

Tu Senhor, Tu conheces-me!
Sabes os desejos e os anseios da minha alma
e os suspiros do meu coração.
Sabes as minhas tristezas e misérias,
as minhas alegrias e vitórias.
Sabes o quanto eu luto por crescer como homem e como Teu filho.
Sabes o quanto me esqueço disso também....
Sabes os meus sonhos, os meus medos...
as minhas desilusões e a minha solidão.
Sabes as feridas do caminho que trilho e sabes as flores que perfumam as minhas estradas.
Tu Senhor, és íntimo a mim, nada em mim é estranho a Ti.
E alegra-me saber que quando me perco ou me esqueço de mim, Tu continuas a apostar e a lutar por aquilo que sou.
Quando me desvio de casa, vens até mim para me guiares.
Quando me sinto só, estás comigo.
Quando me afasto do mundo, Tu és meu próximo.
Quando não sei usar as minhas capacidades, Tu ensinas-me a acreditar e a viver.
Quando me esqueço de amar, Tu cresces em mim para me ensinares a entregar o que tenho.
Quando tenho sede de viver, Tu dás-me desafios e vontade de lutar.
Quando estou cansado, Tu és o meu repouso.
Quando o meu coração se perturba, Tu me consolas.
Quando choro, Tu me guardas nas tuas mãos.
Quando sorrio, Tu mostras-Te na minha alegria.
Quando me esqueço de Ti, Tu não Te esqueces de mim.
Quando Te rezo, Tu acollhes cada palavra e cada silêncio.
És Amor! E queres que eu viva nesse Amor.
E não quero fugir desse Amor.
Porque fugir do amor é esquecer a única razão de toda a nossa vida,
é esquecer a própria vida.
Ensina-me Senhor a amar, a perdoar, a acolher,
e a saber recomeçar sempre que necessário for.
Ensina-me a crescer, ensina-me a ser:
filho, irmão, amigo...
Ensina-me a ser mais Teu,
sabendo estar no mundo,
e sempre perto de Ti!
 

 

Que esta seja também a nossa descoberta